quarta-feira, 23 de julho de 2014

Morre o escritor Paraibano Ariano Suassuna aos 87 anos de idade


Morreu na tarde desta quarta-feira (23) o escritor Ariano Suassuna. Suassuna passou mal em casa, na noite de segunda-feira (21), e foi levado ao hospital por volta das 20h, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico. Às 23h, terminou a cirurgia de emergência para a colocação de dois drenos, com o objetivo de controlar a pressão intracraniana provocada pelo AVC.

No ano passado, o escritor sofreu um infarto, e dois dias depois de receber alta, deu entrada novamente no hospital por causa de um aneurisma cerebral.

Na última sexta-feira (18), Ariano Suassuna participou de uma aula-espetáculo, no Festival de Inverno de Garanhuns, no agreste pernambucano. O escritor, dramaturgo e poeta Ariano Suassuna, 87 anos, nasceu na Paraíba, mas mora no Recife. É autor de peças teatrais, como O Auto da Compadecida, e de romances, como A Pedra do Reino.

Ariano Vilar Suassuna nasceu em João Pessoa, na Paraíba, no dia 16 de junho de 1927. Dramaturgo, romancista e poeta, escreveu obras que se popularizaram ao serem adaptadas para o cinema e a televisão, como O Auto da Compadecida e Romance d’a Pedra do Reino e O Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta.

Cresceu no sertão paraibano e, em 1942, mudou-se com a família para o Recife, onde concluiu os estudos secundários. Em 1946, iniciou a Faculdade de Direito e conheceu Hermilio Borba Filho, seu parceiro na criação do Teatro do Estudante de Pernambuco e do Teatro Popular do Nordeste.

Suas primeiras peças foram Uma Mulher Vestida de Sol, Cantam as Harpas de Sião, Os Homens de Barro, Torturas de um Coração, O Castigo da Soberba e O Rico Avarento. Após conciliar a carreira de escritor com a advocacia, resolveu abandonar esta última para se tornar professor na Universidade Federal de Pernambuco.

Idealizou o Movimento Armorial, que propôs a criação de arte erudita a partir de elementos da cultura popular nordestina, e teve obras traduzidas para inglês, francês, espanhol, alemão, holandês, italiano e polonês.

Ocupa cadeiras na Academia Pernambucana de Letras, na Academia Brasileira de Letras e na Academia Paraibana de Letras.

Lista de obras de Ariano Suassuna

Teatro
Uma mulher vestida de Sol (1947)
Cantam as harpas de Sião ou O desertor de Princesa (1948)
Os homens de barro (1949)
Auto de João da Cruz (1950)
Torturas de um coração (1951)
O arco desolado (1952)
O castigo da soberba (1953)
O rico avarento (1954)
Auto da compadecida (1955)
O casamento suspeitoso (1957)
O santo e a porca (1957)
O homem da vaca e o poder da fortuna (1958)
A pena e a lei (1959)
Farsa da boa preguiça (1960)
A Caseira e a Catarina (1962)
As conchambranças de Quaderna (1987)
Fernando e Isaura (1956)

Romance
A História de amor de Fernando e Isaura (1956)
O Romance d'A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta (1971)
História d'O Rei Degolado nas caatingas do sertão / Ao sol da Onça Caetana (1976)

Poesia
O pasto incendiado (1945-1970)
Ode (1955)
Sonetos com mote alheio (1980)
Sonetos de Albano Cervonegro (1985)
Poemas (antologia) (1999) 


OPIPOCO com informações do terra

Doze vereadores de João Pessoa anunciam apoio a Ricardo e Lucélio


O governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição, e o candidato ao Senado Federal, Lucélio Cartaxo (PT), se reuniram na tarde desta terça-feira (22) com 12 vereadores de João Pessoa. Os vereadores declararam apoio a Ricardo para o Governo e Lucélio Cartaxo para o Senado fortalecendo as candidaturas majoritárias da coligação A Força do Trabalho na Capital paraibana.


Os parlamentares que participaram do encontro e declararam apoio aos candidatos da coligação A Força do Trabalho foram Pedro Coutinho (PTB), Chico do Sindicato (PP), Mangueira (PMDB), Renato Martins (PSB), Felipe Leitão (PP), Eduardo Carneiro (Solidariedade), Marmute Cavalcante (Solidariedade), Edson Cruz, Dinho (PR), Sérgio da SAC (PSL), Benilton Lucena (PT) e Zezinho do Botafogo (PSB). Os vereadores João Almeida, Helton Rene e Santino justificaram suas ausências por estarem em compromissos profissionais.

O governador Ricardo Coutinho agradeceu o apoio dos vereadores e destacou que pela primeira vez nos últimos anos o governo do Estado e a prefeitura de João Pessoa estão juntos no mesmo palanque, o que será muito positivo para o desenvolvimento de João Pessoa e para toda a Paraíba. “Estarei junto com Lucélio rodando os municípios e os vereadores exercerão um papel importante junto as suas bases políticas”.

O candidato a Senador Lucélio Cartaxo avaliou que a aliança com os vereadores de João Pessoa representa a oportunidade de construir uma força de esquerda na Paraíba que é positiva para João Pessoa e para todo o Estado . “Estamos juntos com esses vereadores atuantes de João Pessoa que vão levar meu nome e o de Ricardo para as suas bases e fortalecer as ações nas comunidades e mostrar que representamos o melhor projeto para o povo”.

O vereador Benilton Lucena, do PT, destacou que essa decisão representa a vontade da população de ter um governo e uma prefeitura trabalhando em favor de um projeto bem sucedido na Paraíba e na Capital. “Foi uma reunião importante para que os vereadores pudessem sugerir alguns pontos para a melhoria dos serviços da saúde oferecidos à população, no abastecimento de água, na infraestrutura e segurança. Vamos somar esforços e ir de casa em casa mostrar que essa é a melhor proposta para a Paraíba”.

O vereador Dinho (PR) disse que já fez oposição a Ricardo como também já participou da base de apoio e não tem problema nenhum problema em apoiar um projeto que fez muito bem para João Pessoa e para a Paraíba. “A população de João Pessoa vai ver os resultados dessa parceria governo, prefeitura e Câmara nas ruas e obras”.

Sérgio da SAC, vereador pelo PSL, afirmou que João Pessoa já esperava pela aliança entre o PSB e o PT há muito tempo e quem ganha com isso é a população. “Com esses dois governos caminhando juntos, João Pessoa vai crescer e irradiar para a Paraíba. Nosso trabalho é trabalhar em benefício das comunidades que mais precisam dos serviços públicos”, completou o parlamentar.

terça-feira, 22 de julho de 2014

NOVOS NUMEROS DO IBOPE: Em cenário eleitoral estável, Dilma Rousseff lidera e venceria adversários no segundo turno


Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (22) mostra Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, com 38% das intenções de voto para presidente da República. Em seguida, aparecem o senador Aécio Neves (PSDB), com 22%, e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), com 8%.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em junho, Dilma aparecia com 39%, Aécio com 21% e Campos com 10%.

O candidato do PSC, Pastor Everaldo, alcançou 3% das intenções de voto, mesmo percentual do levantamento anterior.

Encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo", a pesquisa é a primeira do Ibope após o registro das 11 candidaturas a presidente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no último dia 5.

Confira abaixo os números do Ibope, segundo a pesquisa estimulada, em que os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor (os candidatos que aparecem com 0% são os que tiveram menos de 1% das menções cada um):

- Dilma Rousseff (PT): 38%
- Aécio Neves (PSDB): 22%
- Eduardo Campos (PSB): 8%
- Pastor Everaldo (PSC): 3%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Zé Maria (PSTU): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidelix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%
- Branco/nulo: 16%
- Não sabe/não respondeu: 9%

O Ibope fez a pesquisa entre as últimas sexta (18) e segunda (21). O instituto ouviu 2.002 eleitores em 143 municípios. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que o instituto tem 95% de certeza de que os resultados obtidos estão dentro da margem de erro. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00235/2014.

Pesquisa espontânea

Na parte da pesquisa em que os entrevistadores do Ibope simplesmente perguntaram ao eleitor em quem votará (sem apresentar a ele a relação dos candidatos), 26% mencionaram Dilma. Veja abaixo:

- Dilma Rousseff: 26%
- Aécio Neves: 12%
- Eduardo Campos: 4%
- Outros: 2%
- Brancos/nulos: 17%
- Não sabe/não respondeu: 39%

Segundo turno

O Ibope fez simulações de segundo turno entre Dilma e Aécio e entre Dilma e Campos. Os resultados são os seguintes:

- Dilma Rousseff: 41%
- Aécio Neves: 33%
- Branco/nulo: 18%
- Não sabe/não respondeu: 8%
- Dilma Rousseff: 41%
- Eduardo Campos: 29%
- Branco/nulo: 20%
- Não sabe/não respondeu: 10%

Rejeição

A pesquisa aferiu a taxa de rejeição de cada um dos candidatos, isto é, aquele em quem o eleitor diz que não votará de jeito nenhum. Dilma tem a maior rejeição e Eduardo Jorge, a menor:

- Dilma Rousseff: 36%
- Aécio Neves: 16%
- Pastor Everaldo: 11%
- Zé Maria: 9%
- Eduardo Campos: 8%
- Eymael: 8%
- Levy Fidelix: 8%
- Luciana Genro: 6%
- Mauro Iasi: 6%
- Rui Costa Pimenta: 6%
- Eduardo Jorge: 5%
- Poderia votar em todos: 13%
- Não sabe/não respondeu: 17%

Expectativa de vitória

De acordo com o Ibope, 54% dos entrevistados (independentemente da intenção de voto) acham que o futuro presidente da República será Dilma Rousseff; 16% opinaram que será Aécio Neves; 5% acreditam que será Eduardo Campos.

Laço do Bode é uma das atrações da 15ª edição do BODE NA RUA em Gurjão


GURJÃO sedia entre sexta-feira (25) e domingo (27), a 15ª edição da tradicional festa BODE NA RUA, considerado o maior evento da cadeia produtiva da caprinoovinocultura da Paraíba.

Na oportunidade, diversas atividades ocorrerão, a exemplo do laço do bode, cujo regulamento está logo abaixo.

REGULAMENTO DO LAÇO DO BODE

Do Torneio:

a) As inscrições serão realizadas no loca do evento no dia 26 de julho a partir das 15h:00;

b) Os participantes deverá apresentar o comprovante de inscrição a comissão
julgadora;

c) Será disponibilizado para o participante um ticket refeição;

d) O evento será realizado em prova individual, onde os concorrentes terão que laçar
o animal pela parte anterior (pescoço, chifres e orelhas);

e) O animal só poderá ser laçado na faixa demarcada pela organização;

f) Os animais serão da espécie caprina e de ambos os sexos.

As senhas:


a) 01(uma) senha custará R$10,00 (reais);

b) O pacote de 12 senhas custará R$ 100,00 (reais).

Da premiação:

a) Serão oferecidos prêmios em dinheiro, mais troféus:

1º LUGAR 300,00

2º LUGAR 200,00

3º LUGAR 200,00

4º LUGAR 200,00

5º LUGAR 200,00

6º LUGAR 200,00

7º LUGAR 200,00

8º LUGAR 200,00

9º LUGAR 200,00

10º LUGAR 200,00

11º LUGAR 200,00

12º LUGAR 200,00

13º LUGAR 200,00

14º LUGAR 200,00

15º LUGAR 200,00

TOTAL 3.100,00


Fonte: Ascom

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Vereadores de São João do Cariri participarão do 9º Encontro Nacional de Vereadores, em Niterói / RJ


Os Vereadores Francisco Júnior, Juber de Farias e Adimarcos (Zoma) estarão participando do 9º Encontro Nacional de Vereadores. O evento acontece na cidade de Niterói, estado do Rio de Janeiro, nos dias 29,30, 31 de julho e 1º de agosto.

O 9º Encontro Nacional de Vereadores reunirá vereadores, assessores e servidores de Câmaras Municipais de todo o país, além de  integrantes de órgãos públicos e diversas entidades. A proposta é fortalecer o Poder Legislativo.


No encontro serão discutidos importantes assuntos para a própria formação do poder legislativo. As palestras contarão com excelentes profissionais de diversas áreas que de forma objetiva explanarão sobre a função do Vereador e sua importância no contexto político do país.

Na opinião do presidente da Câmara de São João do Cariri, vereador Francisco Júnior, o encontro é uma grande oportunidade para os parlamentares aprimorarem os seus conhecimentos. “Espero que cada vereador coloque em prática o que aprender durante as palestras, e assim trabalhar melhor para o bem da população de nosso município”, enfatizou Francisco Júnior.

CARIRI EM AÇÃO 
Marivaldo Alcântara

Paraibano de Sumé desapareceu no tempo da Ditadura Militar


A Comissão Nacional da Verdade assumiu as investigações sobre o desaparecimento, durante o período da Ditadura Militar, do paraibano Francisco das Chagas Pereira, no Rio de Janeiro, por conta de uma reviravolta no caso.

Foi identificada uma inconsistência na data oficial do sumiço do estudante de direito, vinculado ao Partido Comunista Brasileiro (PCB), em 1971.

Há relatos de que ele viveu no Chile de 1972 a meados de 1973, segundo o integrante da Comissão Estadual da Verdade e da Preservação da memória da Paraíba, Waldir Porfírio.

A reabertura do caso sob a responsabilidade da Comissão Nacional da Verdade ocorreu no final de maio e se deve à possibilidade do governo brasileiro solicitar informações ao Chile com base no acordo existente com o governo chileno.

Por meio de uma página em rede social da Comissão Estadual da Verdade e da Preservação da memória da Paraíba, uma chilena confirmou que havia estudado com Francisco de 1972 até meados de 1973 na Faculdade de Direito do Chile, 2 anos depois da data oficial que consta como a do desaparecimento do paraibano.

Waldir ressalta que, segundo relatos da chilena, o paraibano viveu no Chile até meados de 1973, quando foi embora da Argentina, de onde se comunicou com ela pela última vez.

“No Chile, segundo ela, Francisco se reuniu com vários exilados brasileiros e de outros países da América Latina que fugiam de ditaduras. Reescrever a história de Francisco é importante porque nenhuma pessoa ou cidadão pode simplesmente desaparecer sem que ninguém tenha informações”, frisa.

Francisco nasceu em Sumé, a 264km de João Pessoa, região do Cariri da Paraíba.

Segundo dados oficiais, ele trabalhou como sargento da Polícia Militar da Paraíba e no Banco do Nordeste do Brasil, antes de pertencer aos quadros da Empresa Brasileira de Telecomunicações S/A (Embratel), de onde desapareceu aos 27 anos durante um incêndio.
Segundo o Relatório da Comissão Estadual da Verdade e da Preservação da memória da Paraíba, em 1971 houve um incêndio nas instalações da Embratel no Rio de Janeiro.

Francisco se tornou o principal suspeito, segundo as informações da Polícia Federal da época, de “distribuir no interior do prédio material impresso de cunho subversivo e contrário a administração da mesma, tornou-se o maior suspeito de ter ateado fogo em 06/08/1971, em material de expediente da Embratel”.

Após o incêndio, o ex-estudante da Faculdade Brasileira de Ciências Jurídicas desapareceu e, segundo a Comissão Especial Sobre Mortos e Desaparecidos Políticos Cemdp), o último contato dele com a família ocorreu por meio de carta pedindo para que toda a sua correspondência fosse queimada por temer repressão dos militares.

Caso reaberto

O caso do desaparecimento de Francisco não constava anteriormente em nenhuma lista ou dossiê organizado por familiares e entidades ligadas à defesa dos Direitos Humanos, segundo Waldir.


De acordo com ele, a Cemdp desconsiderou o caso do ex-militar paraibano por entender que a autenticidade das informações, na época, eram duvidosas.


Copa muda ranking de destinos mais procurados e João Pessoa entra no Top 20


A nova edição do estudo HOTEL Price Index (HPI)*, produzido pela Hoteis.com, aponta mudanças no ranking de destinos brasileiros mais visitados por viajantes estrangeiros no primeiro semestre de 2014. Com exceção de Rio de Janeiro e São Paulo que já são destinos populares, outras cidades sede da Copa do Mundo ganharam posições na lista, como por exemplo, Manaus, que subiu três lugares e conquistou a 8ª colocação. João Pessoa, que ficou entre duas cidades-sede (Recife e Natal), entrou no Top 20.


Das primeiras 10 posições da tabela, nove são cidades que sediaram o evento. Foz do Iguaçu (5ª), outro destino popular entre os estrangeiros, perdeu duas posições e deu lugar a Salvador (3ª), que assim como Brasília (4ª) subiu um degrau. Belo Horizonte ganhou uma colocação em relação ao ano anterior e ficou em 6º, seguida de Porto Alegre e Manaus. Fortaleza e Natal fecham o top 10. Entre as cidades sede, apenas Cuiabá, casa da Arena Pantanal, não entrou para a lista. Recife, que recebeu cinco jogos, acabou perdendo uma posição.

“É muito interessante ver que destinos que antes não eram tão populares entre os estrangeiros acabaram ganhando projeção com a Copa do Mundo. O país fez uma bela festa e o povo brasileiro deixou uma impressão bastante positiva nos visitantes. Certamente, isso pode beneficiar o segmento.”, pontua Juan Pasquel, diretor de marketing da HOTEIS.com para América Latina.

Confira a lista completa dos destinos mais visitados por estrangeiros no Brasil, no 1º semestre de 2014:

Ranking Destinos

(1º semestre de 2014) -                              (1º semestre de 2013)

1 Rio de Janeiro                                             Rio de Janeiro

2 São Paulo                                                     São Paulo

3 Salvador                                                        Foz do Iguaçu

4 Brasília                                                          Salvador

5 Foz do Iguaçu                                               Brasília

6 Belo Horizonte                                              Búzios

7 Porto Alegre                                                 Belo Horizonte

8 Manaus                                                        Florianópolis

9 Fortaleza                                                     Porto Alegre

10 Natal                                                          Curitiba

11 Curitiba                                                       Manaus

12 Búzios                                                        Fortaleza

13 Florianópolis                                             Natal

14 Ipojuca                                                       Recife

15 Recife                                                          Campinas

16 Campinas                                                  Paraty

17 Tibau do Sul                                               Ilha Grande

18 Paraty                                                         São Jose dos Campos

19 Barueri                                                        Belém

20 João Pessoa                                             Vitória



*Estabelecido com base 100 em 2004, o HPI acompanha os preços reais pagos por hóspedes em todo o mundo. O relatório mais recente analisa o 1º semestre de 2014. 

S2 Publicom 

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Prefeituras descumprem Lei dos Resíduos Sólidos


As prefeituras paraibanas que não se adequarem à Lei dos Resíduos Sólidos (12.305/2010) até o dia 2 de agosto deste ano responderão por improbidade administrativa e estarão sujeitos a processos criminais. A informação é do promotor do Meio Ambiente José Farias, que acompanha a implantação do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em 23 municípios paraibanos. Na última segunda-feira, o deputado Manoel Júnior apresentou uma emenda aditiva (nº 05) à Medida Provisória (MP) 651/2014, que tramita no Congresso, propondo a prorrogação do prazo de implantação da Lei dos Resíduos Sólidos por mais oito anos. 

De acordo com o promotor José Farias, o Ministério Público está auxiliando 23 municípios paraibanos na implantando dos planos e no caso das prefeituras que não se adequarem até o fim do prazo, os promotores de cada comarca vão promover ações por improbidade administrativa. “O procurador-geral de Justiça também será provocado pelo MP para promover ação por crime de responsabilidade, já que deixar de cumprir determinação de lei federal tanto é crime de responsabilidade quando de improbidade administrativa”, alertou Farias.

Os 23 municípios que estão implantando nos Planos de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos em parceria com o MP recebem orientação que vai desde o diagnóstico, passando por mobilização social, educação ambiental, implantação de coleta seletiva, até a implantação do aterro sanitário propriamente dito.

Segundo Farias, uma parte desses municípios está sendo acompanhado desde o início do ano passado e o restante, a partir de março deste ano. Farias ressaltou ainda que o MP não poderá mais assumir compromisso com novas prefeituras, já que não há tempo suficiente para fazer cumprir o que diz a legislação.

No caso dos municípios que estão sendo acompanhados pela Promotoria do Meio Ambiente, será firmado um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) até o próximo dia 30 para implantação dos equipamentos até o final deste ano. O Plano de Gestão é uma exigência da lei 12.305/10, que tem como objetivo garantir o destino correto ao lixo produzido pelas cidades brasileiras e, com isso, promover um meio ambiente sustentável, equilibrado e saudável a todas as gerações.

De acordo com o presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, a grande maioria dos municípios paraibanos não tem condição de se adequar à Lei dos Resíduos Sólidos até o fim do prazo. “Essa lei foi criada pelo governo federal e empurrada para os municípios goela abaixo. Alguns municípios, já por conta da pressão, tentaram se mobilizar de alguma maneira, elaborando projetos, fazendo consórcios, mas nenhum deles têm de executar. Por isso o movimento municipalista se reuniu e foi buscar em Brasília a ampliação do prazo”, disse Tota, ao se referir a uma reunião da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) com o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Na ocasião, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, pediu a prorrogação do prazo de aplicação de lei, que prevê, entre outras medidas, o fim dos lixões. O deputado paraibano Manoel Júnior, autor de uma emenda aditiva que pede a ampliação do prazo por oito anos, também participou da reunião. “Nossa Paraíba é muito castigada com a seca que já torna quase inviável a gestão dos prefeitos. E tanto os gestores estaduais como municipais não têm como cumprir essa determinação somente com recursos próprios. Sem financiamento do governo federal, fica inviável o cumprimento dessa legislação atual”, disse o deputado.
  
Com Jornal da Paraíba

terça-feira, 15 de julho de 2014

Procurador Eleitoral impugna candidaturas de Cássio, de Wilson Filho, de Lúcia Braga e de mais onze


A Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba (PRE-PB) apresentou 14 ações de impugnação de registro de candidatura de políticos que estão concorrendo ao pleito deste ano. As impugnações estão baseadas em motivos como contas rejeitadas, condenação criminal, representação por excesso de doação, não atingimento de idade mínima para o cargo (na data da posse) e prática de abuso de poder político e econômico, bem como de conduta vedada.

Foram impugnadas as candidaturas de 10 deputados estaduais, três deputados federais e uma para governador. As ações apresentadas pela PRE-PB tramitarão no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), com direito à defesa para cada um dos impugnados. Cabe ao TRE-PB decidir se os candidatos continuarão ou não na disputa eleitoral deste ano. Das correspondentes decisões, poderá caber ainda recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dependendo da matéria discutida. Até lá, os candidatos permanecem na disputa.

A lista dos pedidos de registro de candidatura foi disponibilizada pelo TRE-PB na terça-feira (8), publicada no Diário da Justiça Eleitoral na quarta-feira (9) e o prazo começou a correr na quinta-feira, 10 de julho de 2014. De acordo com a legislação eleitoral, o prazo para qualquer candidato, partido político, coligação partidária e Ministério Público impugnar candidaturas é de cinco dias, contados da data da publicação da lista. Igual prazo teve o cidadão para dar notícia de inelegibilidade.

A PRE/PB ainda analisará 35 requerimentos de registro individual de candidatos que pediram seu registro após o prazo de 5 de julho de 2014, uma vez que partidos ou coligações não os incluíram no momento oportuno. O Edital nº 59/2014 do TRE/PB, com os nomes, foi disponibilizado hoje no Diário da Justiça Eletrônico, mas considera-se publicado amanhã. Novamente, o prazo para impugnação é de cinco dias, iniciando-se em 16 de julho.

Foco na análise – O procurador regional eleitoral Rodolfo Alves Silva explicou que a análise dos registros, em regra, abrange três aspectos: as condições de elegibilidade, a ausência de inelegibilidade e a desincompatibilização. No entanto, tendo em vista o estreito prazo de cinco dias para levantar as situações de inelegibilidade, os trabalhos da PRE/PB foram concentrados na análise desse ponto. “A estratégia é possível, pois as situações de inelegibilidade só podiam ser levantadas nesse momento. Já os outros aspectos, ou seja, as condições de elegibilidade e a desincompatibilização podem ser verificadas dentro dos processos de registro de candidatura, na condição de fiscal da lei do Ministério Público, não necessariamente dentro desse prazo de cinco dias”, esclareceu.

O trabalho de análise de 507 pedidos de registro de candidatura é resultado da união de esforços de procuradores da República, servidores e estagiários.

Número menor – Segundo Rodolfo Silva, o número de impugnações apresentadas em 2014 é menor do que a quantidade de 2010 porque nas eleições anteriores o Ministério Público só podia recorrer naqueles casos em que tivesse impugnado. “Essa restrição caiu. Por isso, não houve a necessidade de sair impugnando meras falhas formais que o candidato pode resolver no curso do processo. Elas não são objeto de impugnação, mas sim, de avaliação e, caso a PRE-PB discorde do TRE-PB serão interpostos os recursos cabíveis”.

Preparação – A PRE-PB se preparou, antecipadamente, para analisar todos os nomes da lista dos pedidos de registro de candidatura. Para tanto, a Procuradoria Geral Eleitoral lançou o Sisconta Eleitoral, uma ferramenta de coleta de dados em diversos órgãos que possuíssem algum tipo de informação sobre fatos que pudessem ocasionar o indeferimento do registro de candidatura. Além desse sistema, o Ministério Público buscou, nas mais diversas fontes de informação aberta, os mesmos dados.
EIS OS IMPUGNADOS:
EDVALDO PEREIRA DA SILVA.ANTONIA LUCIA NAVARRO BRAGA,BALDUINO CLEMENTINO NETO,IVONALDO FERREIRA GUEDES,JOSÉ HERCULANO MARINHO IRMÃO,RAONI BARRETO MENDES,GENIVAL LACERDA CAVALCANTE,JOSÉ WILSON SANTIAGO FILHO, CASSIO RODRIGUES DA CUNHA LIMA,MICHAELLY KAROLAYNE DEMELO LOPES.MARINA DE MOURA CARVALHO,SÍLVIO ROBERTO CALAÇO,JOSE PAULO VITURINO DOS SANTOS,LUCIANO BRENO CHAVES.

Parabéns pra você !!!

Kléber Martins - São João do Cariri / PB.