segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Deu no De olho no Cariri: DENÚNCIA: Auditoria constata dívida superior a 400 mil na Prefeitura de São João do Cariri


Mais um prefeito do Cariri paraibano que assumiu no último dia 01/01 determina a realização de auditoria na Prefeitura. Trata-se de Marcone Medeiros de São João do Cariri. Após abrir o prédio da prefeitura municipal, o prefeito vem se deparando com absurdos de inúmeras irregularidades deixadas pela gestão anterior.

Segundo Marcone, não houve transição administrativa, o que prejudica e até inviabiliza muitas ações planejadas pela gestão que se inicia. Só de obrigações com o INSS, a prefeitura deixou de pagar os meses de Novembro, Dezembro e o Décimo, em uma dívida superior aos 200.000,00, sendo que nas contas da prefeitura havia saldo de cerca de R$ 60,00 (sessenta reais), apenas.

Além disso, pelo que a equipe de auditoria constituída pelo Advogado José Maviael, o contador Joilton Gonçalves e alguns servidores da prefeitura puderam constatar nesses poucos dias de gestão, há dívidas deixadas pela gestão anterior, que até agora somam o percentual de R$ 400.000,00, entre fornecedores, contas de água, luz, telefone, INSS e até mesmo alguns servidores que não recebem seus vencimentos há cerca de 3 meses, apenas porque votaram contra o prefeito anterior.

O prefeito determinou um recadastramento de servidores para saber o nível de comprometimento da folha, haja vista que até o presente momento, foi constatado que a folha de pagamento é praticamente o dobro da folha de Parari, com o mesmo recurso recebido.
Nas próximas semanas novas medidas serão adotadas para minimizar os efeitos da ausência de transição administrativa.

Frota sucateada e dinheiro ‘torrado’
A frota de veículos está toda sucateada, no entanto, foi gasto durante o ano de 2012 cerca de 80.000 (oitenta mil) reais, em peças e serviços para os veículos. Até os ônibus novos, recebidos do Governo Federal, estão quebrados.

O prédio da prefeitura está todo sucateado, contando com pouco material e quase nenhum computador funcionando, todos os arquivos dos computadores foram apagados, inclusive os programas de alimentação dos programas sociais e da saúde.

Suposto desvio
A equipe do PSF não recebeu a gratificação do Governo Federal em dezembro e a equipe de auditoria ainda não conseguiu descobrir onde o dinheiro entrou, já que se trata de um recurso federal, que indubitavelmente entrou na Prefeitura de São João do Cariri.

De Olho no Cariri
Com informações de José Maviael 

2 comentários:

Glória Araújo disse...

Meu Deus, q barbarida, gente isto é imoral, ridicólo

Anônimo disse...

É vergonhoso mesmo e mais vergonho ainda era ter que assistir aos discursos daquele quando em vários momentos mostrava as mãos e dizia: Que eram mãos limpas e que as do outro é que eram sujas. É bom mesmo que tudo isso venha a tona, o povo precisa saber como o dinheiro público é usado. Tenho pena da cidade de são João do Cariri, tão importante no contexto histórico e ao mesmo tempo tão desvalorizada, massacrada, cidade que ao longo do tempo perdeu e muito e ainda perde, porque não se pensa no coletivo, no bem estar da comunidade, do povo, é vergonhoso mesmo, espero que as autoridades competentes façam justiça e os cofres públicos sejam restituidos. Ainda não engoli essa de funcionário receber sem trabalhar que essa questão também seja revista pelos que fazem a câmara municipal e o poder executivo